Blog

Um cão acorrentado! Porquê?

Vivemos num país, em que milhares de portugueses ainda não entendem que o cão é um animal doméstico ou um animal de companhia. A evolução do cão, fez com que este animal criasse uma relação muito próxima com o ser humano, logo é um animal geneticamente preparado para viver e conviver em sociedade. É um animal que precisa de interações sociais, e atividades físicas e mentais para se sentir bem. Toda esta filosofia, que deveria ser de senso comum, leva-me a suspeitar que algumas pessoas não têm qualquer respeito e sensibilidade por este animal de companhia. Todos os dias, no meu trajeto, vejo...

ler tudo

Diga não às coleiras aversivas!

Coleira Estranguladora
As coleiras estranguladoras, coleiras de bicos e coleiras de choque são, infelizmente, acessórios de treino que continuam a fazer parte da metodologia de trabalho de alguns colegas de profissão. Muitos deles, insistem em usar e abusar deste tipo de equipamentos , dizendo aos tutores que este tipo de utensílio não é doloroso para o cão. A verdade é que este tipo de equipamento só é eficiente em termos comportamentais, se causar dor no cão, caso contrário, o cão vai continuar a apresentar o mesmo comportamento. Estas coleiras aversivas assentam nos princípios do reforço negativo e castigo...

ler tudo

Será que os cães têm sentimento de culpa?

“O meu cão sabe que fez mal!”; “Quando chego a casa e olho para o meu cão sei logo que ele tramou alguma!”; “O meu cão não engana, assume logo as culpas quando faz asneiras!”. Estas são algumas das frases que as pessoas utilizam quando se referem ao sentimento de culpa dos seus cães. Mas será que os cães possuem esse sentimento de culpa? A resposta é não! Para que isto tivesse um fundamento lógico, os cães teriam de ter conhecimentos sobre o que é certo ou errado, e esta é uma capacidade que apenas os seres humanos possuem. Os cães não sabem o que é certo ou errado, apenas sabem o que é...

ler tudo

Linguagem comunicacional: Os sinais de stress

Enquanto tutores de cães, todos nós deveríamos aprender, a observar e perceber os sinais comunicacionais que os nossos cães apresentam no dia-a-dia. Esta capacidade de observação e compreensão, permite-nos respeitar o cão e prevenir que problemas sérios desencadeiem. Quando analisamos um cão que exibe comportamentos agressivos, facilmente conseguimos detetar sinais audíveis e visíveis, tais como, ladrares, rosnados, investidas, perseguições e mordidas. No entanto, antes destes comportamentos serem exibidos, os cães apresentam pequenos sinais de stress, que demonstram que estão desconfortáveis...

ler tudo

Cães e crianças

Recentemente tivemos mais um episódio trágico que envolveu uma criança e um cão, e como sempre, não temos acesso aos pormenores para saber exatamente o que se passou. No entanto, quando ocorrem acidentes desta magnitude, a sociedade em geral, procura determinar um culpado, e existem sempre 3 alvos: Os pais, a criança e o cão! Eu não culpo nenhuma destas partes! Culpo sim, a falta de informação, a falta de conhecimento e os mitos que circulam por aí! Todos nos já ouvimos frases como: “A raça X é ideal para as crianças”; “os cães não atacam crianças porque não lhes reconhecem perigo”; “os cães...

ler tudo