Cachorro como prenda de Natal?

Estamos a poucos dias do Natal e sabemos que um dos presentes mais desejados pelas crianças é um cão. Muitos pais ponderam nesta altura, satisfazer este pedido, e surpreender os seus filhos com um cachorro como presente de natal. Esta decisão não deve ser tomada por impulso, deve sim, ser tomada com consenso, responsabilidade e conhecimento profundo do que implica ter um cão. Quero apenas relembrar que um cão, não é um objeto ou um brinquedo, trata-se de um ser vivo, que vai exigir cuidados especiais ao longo de toda a sua vida. Introduzir um cachorro no seio familiar vai exigir muito da família que o acolhe, e todos devem estar preparados para proporcionar ao cachorro uma vida saudável, cuidada e positivamente estimulante. Como pais, vão ser os principais responsáveis pela educação e desenvolvimento do cão, e devem dar esse mesmo exemplo aos vossos filhos. Devem estar cientes, de que o pequeno cachorro vai largar pelo pela casa, e vai apresentar comportamentos indesejados, como fazer as necessidades num local não aconselhado e roer objetos que não deve. Vai-lhe competir a si, ensinar ao cachorro, onde deve fazer as necessidade e quais são os objetos (brinquedos) com os quais se pode entreter. Vai ter que disponibilizar parte do seu tempo para o educar, passear e estimular, tanto fisicamente como mentalmente. Financeiramente vai ter que contar com despesas de alimentação, veterinários e acessórios (brinquedos, trelas, coleiras...). Como pode constatar, trata-se de uma grande responsabilidade que está a assumir.

Muitos dos cães que foram oferecidos no passado, como presente de Natal, são cães que hoje em dia vivem confinados a uma corrente, outros encontram-se em canis e outros vivem abandonados na rua, tudo isto porque, o pequeno “cachorro bonito” cresceu, e os tutores desconheciam a genética de um cão e não estavam preparados para esta realidade. É importante terem a noção que o cão perfeito é fictício e só existe na “Disney”. 

Se não está preparado para esta realidade, surpreenda o seu filho com outro tipo de presente! Se por outro lado se sente motivado e pronto a assumir esta responsabilidade e as consequências a ela associadas, existem muitos cachorros à sua espera, predispostos a obterem a sua confiança, segurança e amizade, e aptos para lhe facultar momentos de grande felicidade.