Como posso demonstrar ao meu cão que eu sou o “Alpha”?

Esta é uma das perguntas que me é constantemente colocada. Muitas pessoas persistem em querer demonstrar ao seu animal de companhia, que são líderes, dominantes e que estão no topo da hierarquia lá em casa, logo, o cão tem de ocupar um lugar mais abaixo. Este tipo de intenção leva a que muitos tutores assumam atitudes autoritárias e apresentem-nas sob forma de punições e castigos, o que prejudica a relação humano/cão. Esta ideia de que temos que assumir o poder, assim que acolhemos um cão, é da “velha escola”, e muitos estudos já comprovaram que este tipo de filosofia está diretamente relacionado com muitos problemas comportamentais que vemos nos cães hoje em dia.

Voltando às origens, não nos podemos esquecer que nós somos os responsáveis pela domesticação do cão, tal e qual o conhecemos hoje, logo, somos a fonte de segurança e de sobrevivência dos mesmos pois controlamos todos os seus recursos, o que faz com que eles dependam de nós.

Muitas vezes vemos comportamentos indesejados nos nossos cães e assumimos que estes nos estão a desafiar ou a tentar dominar, quando na verdade se tratam de comportamentos meramente defensivos e naturais no repertório de um cão. Nós somos seres humanos e eles são cães, ou seja, somos duas espécies completamente distintas e usamos formas de comunicar completamente diferentes. Falar em hierarquias só é cientificamente aceitável se tivermos a falar de seres da mesma espécie, caso contrário estamos a entrar em mitos e ideias erróneas. Será que é correto dizer que o Leão é o “Alpha” porque domina a Zebra? Ou que nós somos “Alphas” por matarmos frangos? Claro que não! Isto são comportamentos de sobrevivência presentes no repertório de todas as espécies animais do mundo.

Se quer desenvolver uma relação exemplar com o seu cão, seja um bom líder.

Um bom líder, é alguém responsável, coerente e confiante nas suas ações. É alguém que estabelece regras de forma racional e sensata. É alguém que não precisa de recorrer à força física e intimidação para obter o “respeito”. Um bom líder, é um ser benevolente, um ser que deseja o bem estar a todos os seres que o rodeiam. Evite antropomorfizar os comportamentos do seu cão e lembre-se que a forma dele comunicar é diferente da sua. Não exija que o seu cão o perceba, se você não faz nada para o perceber a ele!