A importância do sono e do descanso para o cão! (Parte 1)

Propormos um bom descanso aos nossos cães, deveria ser uma das nossas prioridades no dia-a-dia com os mesmos. Para o bem estar físico e emocional de um cão, é fundamental que este consiga dormir de 14h a 18h por dia.

Durante o acto de dormir, todo o sistema biológico e emocional do cão, trabalha no sentido de repor um equilíbrio hormonal no organismo, e isto vai permitir ao cão, recuperar de períodos stressantes que este viveu ao longo do dia.  Enquanto o cão está a ter um descanso qualitativo, o cérebro produz uma hormona chamada melatonina, que tem um efeito de melhorar a qualidade do sono. Para além disto a melatonina, também desempenha um papel importante na proteção das células corporais, assim como no fortalecimento do sistema imunológico.

Os cães possuem um sono polifásico, ou seja, dormem várias vezes ao dia e como qualquer mamífero, o sono dos cães é dividido por 2 fases: A fase “Não REM” e a fase “REM”.

Fase “Não REM”

Durante esta fase o cão começa a entrar num sono leve, o corpo do animal permanece imóvel, e temos uma diminuição da frequência cardíaca e respiratória. Este sono leve se não for perturbado, vai permitir ao cão entrar num sono profundo, e aqui a atividade cerebral diminui e o cão consegue o relaxamento total e a plenitude do descanso.

Fase “REM”

Esta é a fase mais importante do sono de um cão. Durante esta fase o corpo está relaxado mas ocorre atividade cerebral, na qual o cão revive e processa aprendizagens e experiências que viveu durante o dia. Durante a fase “REM”, temos um aumento da frequência cardíaca, os olhos piscam, as pernas podem mover-se, e inclusivamente, o cão pode ladrar, rosnar ou ganir. Estima-se que o “REM” ocupa cerca de 10 a 20% do sono de um cão.

Depois de ter falado sobre a importância de um bom descanso e de como se divide o sono de um cão, seguem algumas curiosidades e conselhos adicionais.
 

  • A duração da fase “REM” em cachorros é superior à de um cão adulto, isto deve-se ao facto de que grande parte do desenvolvimento do cachorro se processa neste período do sono.
     
  • Após um treino produtivo ou após uma experiência positiva para um cão, é extremamente aconselhável, que brinde o seu cão com um bom momento de sono e relaxamento. O objetivo deste descanso é proporcionar que a fase “REM” processe toda a aprendizagem e condicione todos os momentos positivos  que ocorreram no treino ou na experiência.
     
  • Um descanso de qualidade, só é possível, se o meio ambiente estiver silencioso e se o seu cão estiver num contexto confortável
     
  • Cães que vivem em espaços exteriores, são cães com uma maior predisposição em assumir comportamentos de alerta e hipervigilância, e isto impossibilita que consigam ter um descanso de qualidade, o que prejudica o bem estar físico e emocional. Tendo isto em consideração, um bom sono, num local sossegado e confortável, onde possam descansar sem necessidade de se preocuparem com o meio ambiente, pode ajudar na prevenção de problemas comportamentais, da mesma forma que é uma mais valia num protocolo de uma modificação comportamental.
     
  • É muito importante que NINGUÉM perturbe ou acorde um cão que está a dormir. Infelizmente, aproximadamente 60% das mordidas a crianças, são consequência de cães terem sido acordados repentinamente. Nestes casos, a resposta do cão é acionada fisiologicamente, e pode não ter nada a ver com problemas comportamentais.
     

Termino com uma citação do Dr. Jerome M. Siegel (Professor de psiquiatria e comportamentalista na UCLA) que reflete bem a importância do sono

 “The major function of sleep is to increase behavioral efficiency.”